Segunda-feira, 7 de Maio de 2007

Fantasias

Quem não gosta de uma boa noite de sono? É altura para acalmar o corpo e dar descanso à mente.
Contudo, sabemos também que é a hora de darmos largas à imaginação, de revermos de forma onírica tudo aquilo que nos pediu atenção ao longo do dia.
Assim, ao lado de episódios sobre os mais variados temas, não é de estranhar o surgimento de cenas eróticas, onde damos largas à imaginação e... quem sabe... aos nossos desejos interiores.
Não há que ter vergonha de tais episódios, por muito exóticos que eles possam ser, pois não devem ser tomados à letra: são sonhos, apenas.
Agora, é sabido igualmente que temos sonhos acordados, como se costuma dizer, mas que os tratamos de fantasias quando versam um cariz sexual.
Se os sonhos não nos devem preocupar muito, relativamente às fantasias sexuais, o assunto é outro. Aqui, a norma é ter muita atenção, ver o que isso significa, o que queremos e... principalmente... se queremos mesmo!
É que algumas fantasias destinam-se apenas a ser isso mesmo: fantasias que não devem nunca ser realizadas.
Elas servem para nos dar força, para nos aquecer, muitas vezes, nos momentos em que o acto sexual em si não nos está a correr de feição. São auxiliares, não de memória, mas da prática!
Se não forem recorrentes, servindo para uma outra ocasião, não haverá problema de maior.
Algumas fantasias podem mesmo ser dadas a conhecer ao parceiro, desde que isso sirva para aumentar o clímax e não sejam assim... muito... exóticas. Se o/a parceiro(a) demonstrar abertura... digam-lhe tudo mesmo! Desde que saibam também ouvi-lo, é claro.
Agora há fantasias que se destinam a ficar no nosso íntimo, que nos servem só a nós, por uma peculiaridade qualquer.
No fundo, todos nós temos segredos. Alguns podem ser contados aos amigos, outros... simplesmente nunca podem sair!
Ou vocês costumam contar todas as fantasias que lhes passam por essa cabecinha cheia de... coisas tão lindas?
 
tags:
publicado por oamante às 11:49

link do post | comentar | favorito
|
19 comentários:
De Afectos a 7 de Maio de 2007 às 12:00
Tudo muito bem descrito mas o pior é o sono.
De oamante a 7 de Maio de 2007 às 15:20
Cá nada, o sono até ajuda... a sonharmos mais!
De Carla a 7 de Maio de 2007 às 13:01
Eu, confesso, que não sou muito dada a contar e às vezes até oiço: "tu não tens fantasias?! nunca contas...", mas a verdade é que considero que sejam coisas muito minhas... as tais que nunca podem/ devem sair... da boca para fora é claro, porque não há que haver inibições de colocá-las em pratica... sem que para tal necessite de andar a pregá-las...
Agora, sonhar acordada é bom...adoro...e sabes do que gosto mais nisso?! É que esses sonhos nós podemos controlar o princípio, o meio e o fim, ao contrário dos outros que nos deixam, muitas vezes, com a incerteza de se ter tratado de sonho ou pesadelo!
De oamante a 7 de Maio de 2007 às 15:18
Claro que é difícil deitar cá para fora. Mas deita algumas assim... mais soft! Lol.
Pois, sonhar acordado tem a possibilidade de dominarmos tudo... mas não sentes assim aquela pica da surpresa, de acontecer... pura e simplesmente?
De Carla a 8 de Maio de 2007 às 10:39
Vou deitando... ou melhor vou realizando, e espero realizar muito mais!
Claro que sim, que sinto, mas irrita-me o não poder controlar... seja o que for! Acho que é de ser Carneiro, não tenho necessidade de mostrar ao mundo que controlo, mas no fundo tenho que ter tudo sob controle... coisas!! E às vezes dou por mim a desejar não sonhar, é que nem sempre sonhamos o que queremos...e isso irrita-me!
De barafundida a 7 de Maio de 2007 às 13:11
Claro que não contamos tudo!
Não tem graça os outros saberem tanto quanto nós, e depois percebiam que também nos passa pela cabeça coisas menos "lindas", e podiam ficar desiludidos... e não há nexexidade!!!
De oamante a 7 de Maio de 2007 às 15:19
Coisas menos lindas? Não acho que sejam menos lindas, mas é claro que é muito difícil mostrarmos todo o nosso lado selvagem, claro!
De barafundida a 7 de Maio de 2007 às 15:31
É que as mentes abertas por vezes só o são na teoria, porque parece bem dizer que se é, e porque
dá um ar actual, mas há ainda tanta "mentesinha" pré-histórica disfarçada. E depois uma pessoa vai cheia de boas intenções, a querer inovar e diversificar... e ainda é capaz de ficar com má fama
e ser alvo de pensamentos machistas, do género: ai que esta gaja tem a escola toda...
De oamante a 7 de Maio de 2007 às 15:46
Lol. Eu sei, Barafundida. Dizem-se abertos, mas quando vêem a mulher da noite anterior com outra é logo puta de cima pra baixo!
Ou dizem-se muito liberais e depois: O quê? Minete? Masturbação? Eu por baixo?
Lol, coisas de mentes pseudo-abertas.
Só não gosto daquela gente que depois de comer, arrota! É feio! Se se comeu, agradecemos: Foi bom, obrigado! Boa-noite!
De barafundida a 7 de Maio de 2007 às 16:40
Ai ai... homens, não conseguimos viver com eles, nem conseguimos viver sem eles, sem algumas partes deles, pelo menos...
De oamante a 7 de Maio de 2007 às 17:08
E ainda bem: para ambos. Já pensaste viver num mundo só de mulheres? Vocês não se podem ver umas às outras!
Era uma seca: só podiam falar de moda, de compras, de... coisas de mulheres!
Nem sequer podiam dizer: Ah! Homens, pra que servem?
Lol
De condescendência a 7 de Maio de 2007 às 22:06
Ai! amante, amante...olha uma fantasia virtual (não leves muito a sério porque é mesmo fantasia): Tu a passares os mares... eu esperando te numa praia como a areia que espera pelas ondas do mar... Bonito... não?
o post seguinte parece uma despedida, vais quem sabe, realizar fantasias... beijo...
De oamante a 8 de Maio de 2007 às 08:52
Que rica fantasia! Sabes que fazê-lo no mar é também muito bom? Vai ao próximo post para perceberes porquê!
De Moura ao Luar a 11 de Maio de 2007 às 16:20
Chamem-me egoísta ou lá o que quiserem mas eu cá há coisas que gosto de guardar xó pa mim
De Anónimo a 21 de Maio de 2007 às 09:15
Não há como dar uma rapidinha no meio do mato e tendo como pano de fundo a vacas a pastar... é como se me sentisse mais uma no meio delas...
Além disso o ar do campo faz bem e eu gosto de a sentir bem arejada...
De oamante a 21 de Maio de 2007 às 11:24
Cá nada... essa mania de comparar as mulheres a o que quer que seja... não pega. Nunca tratei a minha mulher assim... nem pelas costas!
A rapidinha é boa, porque sim. E sim... sentir a brisa da serra a arejá-la... hummmm....
De Anónimo a 21 de Maio de 2007 às 09:25
Se eu contasse as minhas fantasias ao meu marido o mais certo era apanhar uma carga de porrada.
Há coisas que sem dúvida uma pessoa guarda só para ela .
Muitas vezes as relações tornam-se monótonas porque as mulheres sentem vergonha em fantasiar com aquilo que lhes dá prazer.
Ainda existe o tabú que fantasiar com coisas que não sejam propriamente com o marido é vergonhoso.
também há homens que inibem o comportamento das mulheres e não as sabem estimular convenientemente.
De oamante a 21 de Maio de 2007 às 11:31
Bom, não sei se o Anónimo é o mesmo.
É claro que temos de ver quem temos à frente, para contarmos ou não. e depois, há umas fantasias que são mesmo só para nós. Que nunca diremos a ninguém.
Eu sei disso. A minha cara-metade não gosta de fantasiar com outro além de mim, apesar de eu lhe dizer que não há problema com isso. Acho que são coisas que ajudam a relação, não há mal nenhum.
Ora se há homens que não as sabem estimular. Há cada vez mais estudos a demonstrá-lo, mas nós sabemos que isso já existia há muito, sem estudos.
Por isso, é que eu desenvolvi o site e o blog. Aproveita ao máximo!
De Anónimo a 22 de Maio de 2007 às 10:23
Há fantasias que deveríamos partilhar com o nosso parceiro ou parceira, senão como poderão elas ser realizadas.
Afinal algumas tão inofensivas e que podem ser excitantes para ambos.
Porque razão terão de continuar a ser os portugueses tão recalcados ?
Afinal é só dar largas à imaginação.
Brincarmos de capuchinho vermelho e de lobo mau.
Levarmos umas palmadinhas no bumbum e sermos comidas (os) mesmo em cima da mesa da cozinha ou bem amarradinhas( os) à cama.
Libertem-se e fantasiem muito pois é muito saudável numa relação a dois.
Traímos porque temos vontade de experimentar coisas novas, ok?

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. E assim me vou!

. Adoro mulheres em fúria!

. A Paixão

. Taradices?

. O Paraíso

. Culpado

. Como isto não cabia nos c...

. Amante de Casadas

. Masturbação e Fellatio

. Fantasias III

.arquivos

. Agosto 2010

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds