Terça-feira, 22 de Maio de 2007

O Paraíso

Sob o céu um árvore
Sob a árvore um pedaço de relva...
Sobre a relva estendido, teu corpo desnudo...
Sobre o teu ouvido deitado, sussurro prazeres e deleites mil...
dedilhando em tuas costas mil acordes
que os teus lábios em surdina reproduzem...
Sobre nós... um céu azulado de anis...
 
 
tags:
publicado por oamante às 07:44

link do post | comentar | favorito
|
25 comentários:
De Xena a 22 de Maio de 2007 às 09:19
com esta agora senti parar a respiração, tu és sem dúvida um amante "mui caliente" Kisses
De oamante a 23 de Maio de 2007 às 12:08
What? Então nessa cabecinha chegou a pensar-se que era cool? Cá nada! Do mais hot que há!
De Xena a 23 de Maio de 2007 às 17:46
Se algum dia axei que és cool é no sentido de fixe e não de frio. Pk os teus textos demonstram bem a foma como aprecias o prazer e gostas de dar prazer, logo não deixam margens para dúvidas tu és mesmo Hot
De misinha a 22 de Maio de 2007 às 12:27
E eu nunca imaginei que a ilha gerasse um homem tão apaixonado, incendiado, arrebatado, inflamado, fogoso, enfim, um homem tão sensualmente irrequieto!
Assim, não há Esposa que aguente!!!
Estamos nós, aqui!
De oamante a 23 de Maio de 2007 às 12:09
Numa ilha, a necessidade fortalece a alma e... o coração, dada a ausência do resto do mundo.
De Anónimo a 24 de Maio de 2007 às 08:17
És muito filosófico...
Vem para o continente amore mio!
Porque aqui há falta de amantes como tu!!!
De oamante a 24 de Maio de 2007 às 15:37
Será que é destes ares da ilha?
Então não há por aí amantes filósofos? Que pena!
Então eles só querem mesmo "daquilo"? Nem dá para falar, levar a um café, um passeio?
Bem... estou a pensar seriamente em ir para aí...
De aspalavrasnuncatedirei a 22 de Maio de 2007 às 14:44
O paraíso é um estado de alma que sentimos quando ao nosso lado está alguém que amamos e nos ama também.
Gosto muito do teu blog. Bom trabalho.
Visita-me: http://aspalavrasnuncatedirei.blogs.sapo.pt/
De condescendência a 22 de Maio de 2007 às 14:46
Bonito e profundo...
De oamante a 23 de Maio de 2007 às 12:09
Obrigado pela ... condescendência!
De Anónimo a 22 de Maio de 2007 às 15:22

"Sobre o teu ouvido deitado, sussurro prazeres e deleites mil..."

Hum...Q ARREPIO...!

Sabes?...parece q te ouvi...parece q sussurraste mesmo algo pra mim...

LINDO...PROFUNDO...E ACIMA DE TUDO...SENTIDO...!

Aquele beijinho daqui

Perola do Atlantico
De oamante a 24 de Maio de 2007 às 15:40
E sussurrei... e foi sentido... muito, porque senão eu não dizia!
jocas, minha Pérolazita!
De paixaonoolhar a 22 de Maio de 2007 às 15:34
Eu ñ me enganei a teu respeito és realmente especial sim...
Este poema demonstra-o bem...
Serias com toda a certeza o amante perfeito caso ñ tivéssemos separados por uma quanta quantidade de agua.

E seria ukm momento unico de paixão ...

Esta seria a frase k punha para concluir o k escreves-te..

Beijo.
De oamante a 24 de Maio de 2007 às 15:55
Gosto de pensar que sim, que sou especial... pelo menos para vocês todas, minhas fiéis amantes!
... um momento único de paixão? Um só?!
Nunca estiveste comigo...
De Anónimo a 22 de Maio de 2007 às 15:39
Não te julgava assim com uma alma tão bonita e poética.
És sem dúvida O AMANTE mais caliente que conheço.
Dá vontade de fechar os olhos e deixar que sussures ao ouvido como a brisa leve e solta numa manhã de sol.
De oamante a 24 de Maio de 2007 às 15:59
Pois... julgam-me pelos outros... e mal! Lol
Eu cá sou O Amante! O único!
Caliente? Eu? Bem... nunca encontrei termo melhor para descrever este fogo... por isso... caliente... dá...
Fecha-os... e sente... ouve... sussurros à noite... de dia... e depois... vem o pior... depois de sussurrar... eu... mordisco... levemente apenas!
De Anónimo a 24 de Maio de 2007 às 16:40
Tuas palavras torturam-me.
Imagino-me a abrir as pernas e a ser mordiscada levemente naquele montinho rosa que tu gostas.
De oamante a 24 de Maio de 2007 às 17:31
Imagina... sim... eu... aí... mordendo levemente...
De Bianca a 22 de Maio de 2007 às 17:15
Sobre tudo...sobre nada... dois num só.
De oamante a 24 de Maio de 2007 às 17:05
Há quem diga que o nada é tudo, pois quem nada tem, nada perde.
Quem viva pela cena exposta no post... nada tem a perder... porque tem tudo o que possa querer da vida!
De paixaonoolhar a 22 de Maio de 2007 às 17:42
Já agora se poderes espreita o meu acho que hoje estamos no mesmo rumo...
De carmemzita a 23 de Maio de 2007 às 21:58
Olá !
Descobri-te e andei a ler...por aqui.
Temos em comum...a mesma cor de Blog...
Admiro a tua coragem, ao expores aqui a tua vida, forma de estar, e a tua intimidade.
Falas de assuntos muito sérios, que nem toda a gente tem coragem de abordar.Parabéns por isso.
Eu desabafo em poesia rimada. Gostas? Se sim? Aparece. Eu vou aparecendo por aqui.
Um abraço
CarmenZita
De oamante a 24 de Maio de 2007 às 17:08
Aparece...
Sabes, a coragem às vezes não passa de uma... fuga.
Também gosto... já te... li.
Já passo por... aí...

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. E assim me vou!

. Adoro mulheres em fúria!

. A Paixão

. Taradices?

. O Paraíso

. Culpado

. Como isto não cabia nos c...

. Amante de Casadas

. Masturbação e Fellatio

. Fantasias III

.arquivos

. Agosto 2010

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds