Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2006

Gravidez

É incrível haver, hoje em dia, gravidezes inesperadas. Quer dizer, com tudo o que sabe, com a informação disponibilizada, quer por órgãos governamentais, quer por escolas.
Se a culpa é da pressa do momento, do momento mágico inesperado... vá lá.
Mas se é por falta de informação, por favor!
É que hoje há preservativos a dar com pau.
Agora fiar-se no coito interrompido, na sorte...
Porque contacto diariamente com jovens e com pessoas que tratam deles, vejo que a falta de informação é enorme e deve-se apenas aos próprios. Pois não se pode o governo por não lhes facultar informação (ao menos disso não culpem o pobre do Sócrates!).

Assim, e para ajudar jovens a não se tornarem mães/pais à pressa, aqui vai uma dica.

O Período Fértil da mulher é aquele momento do mês em que o útero se prepara para conceber um embrião e como notei disparidades na forma de determinar esse momento, aqui vai:
Para se encontrar o período fértil de uma mulher devemos saber o dia em que ela vai ter o próximo período (imaginemos que é no dia 29 do mês X). Contamos 14 dias para trás e temos o dia em que o óvulo está preparado para a fertilização. Mas como o espermatozóide feminino dura mais tempo, acrescentamos mais dois dias para trás (16).
Assim, devemos contar como período fértil, os dias 13 a 17, pelo que devem ser evitadas as relações sexuais nestes dias (para quem não utiliza métodos de concepções fiáveis).
É de notar que se a mulher tem um período irregular, então terão de fazer uma média. Saiu na última ou penúltima Ana essa informação.

O que queria dizer mesmo é isto: com o método que indiquei (é caso médico, não é meu) podemos mais ou menos escolher o sexo dos filhos.
É assim: se o dia 15 do mês X é o dia do período fértil, então podemos ter filha, se houver relações nos dias 13 e 14 e filho, nos dias 15 a 17.

Porquê? Porque os espermatozóides femininos são lentos no útero, mas duram mais tempo. Assim se copularem (!?)  a 13 e 14, o óvulo ainda não desceu, mas quando estiver lá, os espermatozóides femininos estão a chegar. Os masculinos já morreram.
Mas se fizerem de 15 a 17, os espermatozóides masculinos chegarão lá mais rápido.
É claro que o método não é 100% fiável, mas dá alguma segurança.
Outra coisa: se quiserem ter filhos e tomam a pílula, devem dar um descanso de pelo menos 5 meses antes de tentar engravidar, pois o corpo ainda está adaptado à pílula. Podem engravidar antes, mas é pouco provável.
Outra dica: os casais ficam impacientes, quando querem ter filhos e desatam a "martelar" todos os dias, em desespero total. É engano, pois o esperma masculino é renovado apenas 48 a 72 horas depois, isto é, se um homem ejacula hoje, só tem espermatozóides daí a 48 horas ou mais.
Se fizer sauna isso é quase um anticonceptivo natural: os testículos não aguentam o calor, daí estarem fora do corpo humano, em bolsas refrigeradoras. Lol
Atenção. quando digo espermatozóides, não quer dizer esperma: os testículos produzem os espermatozóides (cerca de 2% do esperma) e a próstata produz o sémen (90% e tal por cento do esperma). Pode haver ejaculação, mas não conter espermatozóides!
publicado por oamante às 17:18

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. E assim me vou!

. Adoro mulheres em fúria!

. A Paixão

. Taradices?

. O Paraíso

. Culpado

. Como isto não cabia nos c...

. Amante de Casadas

. Masturbação e Fellatio

. Fantasias III

.arquivos

. Agosto 2010

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds